Profissionais pedem que a Ordem dos Advogados do Brasil não sossegue enquanto o caso não seja elucidado.

O jovem advogado, Josenias Saraiva Gomes, foi executado durante o fim da tarde desta terça-feira, 19, na cidade de Quixadá, na região Central do Ceará. Ele seguia com clientes em seu veículo quando foi interceptado por homens armados.

Advogado é morto trabalhando dignamente na violenta cidade de QuixadáInvestigações iniciais dão conta de que os alvos seriam os clientes, o empresário Veridiano Cabral, além de seu filho Sadoque Cabral. Os tiros foram exatamente por trás do 9º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Triângulo.

Advogados de toda a região manifestaram indignação com o ocorrido, e pediram que a Ordem dos Advogados do Brasil não sossegue enquanto o caso não seja elucidado. Josenias Saraiva, morreu no exercício de sua profissão, morreu trabalhando em busca de seus sonhos.

Josenias Saraiva estudou no Centro Universitário Católica de Quixadá, residia na cidade de Morada Nova.

Quixadá é atualmente a cidade mais violenta do interior do cearense, mesmo diante da situação, o governador Camilo Santana não tem feito quase nada para conter os índices.