O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (PROCAP), e a Polícia Civil cumpriram, na manhã desta quinta-feira (23), mandados de busca e apreensão nas residências do Prefeito de Solonópole, José Webston Nogueira Pinheiro, em Fortaleza e Solonópole, assim como na casa do vereador Francisco Margello de Araújo.

A operação tem por objetivo averiguar denúncia de que o prefeito teria supostamente comprado o mandato do legislador municipal. Com o acordo, um aliado do Prefeito teria assumido o mandato de vereador, após a renúncia de Margello. Um vídeo disponível na mídia social Youtube mostra o prefeito comemorando a adesão do vereador à base aliada e citando o acordo, aumentando as suspeitas do crime.

MP e Polícia Civil cumprem mandados de busca e apreensão nas residências do prefeito de SolonópoleO MPCE investiga também outras irregulares como a concessão de empregos na Prefeitura para familiares do vereador, dentre eles a esposa de Margello. Segundo a vice-procuradora-geral de Justiça e coordenadora da PROCAP, Vanja Fontenele, há indícios de outros delitos que poderão ser comprovados por meio do cumprimento dos mandados. Nas residências foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos, que serão periciados.