O Deputado Estadual Capitão Wagner concedeu entrevista, na manhã desta sexta-feira (01), às rádios Monólitos AM e Liderança FM, comentando as mortes de três policiais militares em Quixadá na tarde de ontem. Wagner estava acompanhado do Deputado Federal, Cabo Sabino.

O parlamentar fez fortes críticas ao Governador Camilo Santana, inclusive qualificando o combate à criminalidade, encabeçado pelo Estado, como “frouxura”. Dirigiu críticas ao sistema penitenciário do Ceará, dizendo que “os bandidos comandam tudo de dentro dos presídios”. Wagner cobrou a instalação de equipamentos de bloqueio de sinal de telefonia nas cercanias das unidades prisionais.

O Judiciário tem ajudado os bandidos no Ceará, diz Capitão WagnerRAIO EM QUIXADÁ
“A mentira é a seguinte: falam que vão instalar uma unidade do Raio em Quixadá, mas na verdade estão retirando 12 policiais dos 33 que tem em Quixeramobim e trazendo para Quixadá. Vão só trocar as fardas dos PM’s e dá quatro motocicletas a eles. Cobrem um santo e descobrem outro”, comentou o Deputado sobre a instalação do Raio em Quixadá, prevista para o final do mês de julho.

“O Raio está em Sobral faz é tempo. Essa semana os bandidos fizeram foi passeata lá. Apreenderam 41 adolescentes, mas ontem fugiram 70. Isso é uma vergonha”, acrescentou.

JUDICIÁRIO
“O Judiciário tem ajudado os bandidos no Ceará. A Polícia prende e a Justiça solta. Em Fortaleza um casal foi preso recentemente com um quilo de cocaína. O juiz mandou os dois para casa. É uma situação muito complicada”, disse.

APOIO DA SOCIEDADE
“Está errado essa história de defender bandido. Quando a Polícia Militar mata um bandido, todo mundo fica contra. Isso está errado. Os policiais arriscam a vida todos os dias para nos manter em segurança, e quase sempre em péssimas condições de trabalho”, desabafou.

Fonte: Monolitos Post